Minha querida Desconhecida.

09:00


[...] Então naquela manhã, me senti novamente disposto a enfrentar um largo dia de trabalho e ador, que mesmo com o uso dessas palavras, amava, afinal, era um contato que possuía com o mundo exterior ao meu. As vezes é instigante sair do próprio mundo, já outras vezes, é mais instigante, simplesmente permanecer acoplado à ele, quietos, os dois, você e seu mundo, e nada mais. Como havia dito, naquela manhã havia acordado disposto; Exercendo uma das minhas inúmeras manias, estava eu a observar, dentro do ônibus, uma moça que à alguns minutos havia se sentado em um dos bancos que existiam à minha frente. O olhar dela era sublime, era diferente; ela observava o mundo de uma maneira admirável e até, quem sabe, inspirador. O perfume dela, exalava completamente todo o ambiente, que normalmente me faziam retorcer o estômago. Simplesmente puro, este era seu perfume. Depois de longos minutos de vários atritos causando pelo balançar do ônibus, uma senhora, que possuía um bebê no colo, necessitou da ajuda da minha querida moça desconhecida; a moça de um modo tão sublime a ajudou a simplesmente acordar sua outra filha. Aquilo foi de um modo tão pacificador que me fez estremecer! Como ser assim? Tão sublime e amável? Minha querida Desconhecida ajudara a moça com um sorriso enorme no rosto e um carisma do tamanho daquele ônibus. Ela travava a criança, até então desconhecida, até então, inimaginável, como se a conhecesse à séculos, como se tivera contado estórias para fazê-la dormir, era como uma mãe. Me senti terrivelmente inútil naquele ambiente, será que teria feito o mesmo? Não podia me desligar do mundo à aquele ponto! Precisava pensar no próximo, mesmo que a humanidade seja julgadora, em suma maioria. Alguém, merece nossa atenção. Não se prenda. Doe-se. Imagine o mundo sem boas ações, como seria! Seria, sem cor, sem vida, sem constelações. A vida necessita de boas ações. Aprenda com minha Desconhecida! 

Elcimar Reis.

Você também pode gostar:

Comentários
15 Comentários

15 mil comentários

  1. Muito bom o texto, amei. Ás vezes também fico observando as pessoas e algumas são tão boas e sinceras, como a sua desconhecida, que me pergunto como elas conseguem. Me sinto um pouco egoísta, quando sei que não sou assim. É bom que nos faz repensar nas coisas que fazemos ou deixamos de fazer.

    Beijos
    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei da sua Desconhecida... acho que as pessoas deviam agir mais como ela...

    pinkpimenta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa que lindoo o textoo esse texto foi retirado do livro que vc ta lendo é?
    Beijos
    adotadospelopai.com.br

    ResponderExcluir
  4. Como sempre, Andy, meus parabéns! Posso continuar te chamando de Andy? Ou prefere Elcimar? kk
    Muito perfeito e maravilhoso e super bem escrito! Amo seus textos!

    Beijos!
    Batom De Framboesa.

    ResponderExcluir
  5. Seus textos são impecáveis, transmitem sentimentos do fundo do coração. Sobre a palavra "estória", sei que existe diferença com história, mas não lembro onde que vi, que o dicionário Aurélio diz que é preferível que se use "história" em todas as situações. Que tal fazer um post sobre isso na tag PAPO NERD ?

    PiinkCookie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. seus texto são dignos para virar um livro de cronicas! Como aconteceu com os outros textos seus, eu amei esse.

    http://conectadas2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Acho que eu penso nisso todo dia, de como deveria me doar mais. Adorei o texto, e sua moça desconhecida.
    Beijos
    http://enjoyyourcoffee.com.br/

    ResponderExcluir
  8. lindo texto e inspirador.. teve um parte q me fez refletir bastante
    bju

    http://aieuvivantagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Deveria existir mais moços e moças desconhecidas por aí...

    ~~> http://unrealskepseis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Adorei a sua desconhecida, ela parece ser tão amável rs
    Muito inspirador.

    Marina | www.marinahgattuso.blogspot.com
    Não deixe de conferir a promoção do livro: Manual da Noiva ♥

    ResponderExcluir
  11. QUE LINDO! Que texto lindo, Andy! *0* Viajei com a história, e é uma verdade, sempre digo: "quero me sentir útil enquanto estou por aqui." O mundo precisa de boa pessoas, com boas atitudes.

    um cheiro,
    mai celestino } p.s. ordinary girl

    ResponderExcluir
  12. Lindo. Só acho que pessoas bondosas assim, que ajudam com um sorriso no rosto não deveriam ser desconhecidas, deveriam ser conhecidas e aclamadas, por ter a solidariedade ao próximo...

    Beijo,
    http://paraisodemenina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Você escreve muito bem!! Já pensou em publicar um livro?

    Beijinhos, Garota Inocente

    ResponderExcluir
  14. Afinal, seja a mudança que você quer ver no mundo, não é mesmo ? lindo seu texto, como sempre. Fazia tempo que não passava aqui, meu blog mudou de nome, era o naquelemomentoeujuro.
    Beijos
    barradosno-baile.blogspot.com

    ResponderExcluir

Já curtiu?

+ Lidas