Sem nome. II

10:58

aquarium | via Tumblr

Por último, quando o vi, estávamos em um restaurante. Entrou, estonteante pois havia acabado de sair do trabalho, que de acordo com suas palavras o deixava um pouco estressado; o fato que na minha opinião deveria ser um pecado mortal à quem o cometesse. Sentou-se a minha frente, abrindo um largo sorriso desculpou-se pelo atrasado, lamentando de tal forma que mal conseguia conter-se à mesa. Imaginei a arduidade da vida que levava, e questionei-me se haveria um espaço para um intruso!? Conversamos sobre futilidades, utilidades e até mesmo sobre os sonhos de cada um. A injustiça, traiçoeira como é, escolhe as almas de maior semelhança para cônjuge se tornar.  

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
2 Comentários

2 mil comentários

  1. heuahueh agora sim... Na pŕoxima postagem ficarei esperando a data de lançamento do livro, acho que está na hora já.

    {Blog Pensamentos Irreais}  {Twitter}   {Fan Page}


    ResponderExcluir
  2. Muito bom!
    maraudersmapbr.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Já curtiu?

+ Lidas