Filho de Afrodite.

19:43

add a caption

A beleza se manisfesta nos rostos de cada um de forma dinâmica, ou seja, cada pessoa acaba possuindo sua própria beleza. Aos que a procuram em outros rostos, digo com minhas condolências, lhes perdoo, mas sua evolução depende do aceitar-se. Em seu caso não era diferente, ele possuía sua própria beleza, distinta de tantas outras, e não se preocupava com a tal. Seus braços ossudos e minúsculos eram o que lhe davam o ar da graça; quando caminhava parecia flutuar e definitivamente chamava-me a atenção; questionava-me em todos os momentos suas expressões, que de forma sútil se moldavam em tentadoras aos meus olhos. Como era possível? - indagava-me - era a graciosidade sua mãe? Não me importavam as palavras que de seus lábios, moldados por Afrodite, saíam; o que realmente era de valor para mim era apenas a sua companhia e nada mais. 

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
2 Comentários

2 mil comentários

  1. Você escreve muito bem,escreve um livro logo,irei adorar ler seus textos. http://donnanega.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo e tão verdadeiro. Cada um tem sua beleza. Seremos belos aos olhos de quem nos merecer, é no que acredito. =)

    ResponderExcluir

+ Lidas