O olhar que fala.

12:03

Winter

Nevava; estávamos abraçados na esquina da rua seis, de frente a uma filial do Frank's Dogs, quando decidimos procurar, sutilmente, por um abrigo em meio aquela mini-nevasca. Encontramos a Biblioteca Municipal de Gardian, subitamente nos entreolhamos e optamos mentalmente em entrar e por lá conversar. Conversamos sobre livros, utilizando as inúmeras prateleiras a nossa volta como fonte de inspiração; Shakespeare, Dan Brown e até mesmo John Green setaram-se a nossa volta participando dos diálogos sobre os inúmeros personagens escritos pelos mesmos; subitamente veio-me a tranquilidade de compartilhar meus gostos com outra pessoa que me faz bem, desejei o sentimento à todas as pessoas que amava, era bom, gostoso e caloroso ao mesmo tempo. Conversamos sobre pensamentos, amores e decisões; ambos não esquecidos no tempo, sem notá-lo tarde. Não há sentimento melhor do que compartilhar a felicidade. A neve sessou-se, mas lá permanecemos, apernas conversando nas entrelinhas dos olhares. 

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
2 Comentários

2 mil comentários

  1. "Não há sentimento melhor do que compartilhar a felicidade." Acho que disse tudo, não há nada melhor do que conversar sobre as coisas que gostamos, mostrar para outras pessoas "o porque" de gostarmos tanto daquilo. Muito bom o texto :)

    xx
    www.etrenaaprendiz.com

    ResponderExcluir
  2. Ain que liiiiindo! Amei o texto, a minha cara, cenário ideal! >.<

    Beijos, Carol do Aquela Princesa

    ResponderExcluir

+ Lidas