Devaneio do autor.

09:00

Untitled

Tu moldastes a imbecil conclusão de que escrevo pra ti! Ah, mas como es tolo! Não escrevo pra ti e nunca o fizera. Sempre o fiz para consolação da minha própria alma, mas admito que talvez pensara na sua uma ou duas vezes, contudo pondero que foi sem muito esforço ou consideração. Os verdadeiros escritores também o devem fazer assim, imagino, já que quando transcrevemos pensamentos estamos o fazendo também com as opiniões, as mesmas que não podem ser influenciadas pelos pensamentos de nenhuma outra pessoa existente, além de ti mesmo! Sendo assim, como é vivenciar a descoberta de que sempre fora enganado? Imaginando ser o foco alvo de grandes autores, ou até mesmo de pequenos admiradores!? Quando na verdade sempre fora a desculpa ou o argumento que os influenciaram a escrever, e nada mais!? 

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
2 Comentários

2 mil comentários

  1. O tempo passa, as coisas mudam e tu continua escrevendo lindamente em?!
    Amo seu blog de paixão, dá uma passadinha no meu? tomei vergonha na cara e deu uma reformulada nele, rsrsrsrs até a url mudei..


    hihi ><
    http://mid-nightt.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Escreves tão bem que acho que tu vai tirar uma nota ótima na redação do ENEM (pelo que entendi, vc também vai fazer a prova esse ao, neh?)
    Obrigada pela indicação naquela tag, postarei em breve. Não estou conseguindo responder os comentários do meu blog, por isso estou respondendo aqui. Bjoos e boa sorte para nós :)

    http://cold-vanessa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

+ Lidas