Você gostaria Diário?

18:04

add a caption

Querido diário, 

cá estou eu novamente lhe perturbando com minhas tintas, memórias e afins. Ainda não consegui encontrar a resposta da pergunta que lhe fizera na noite passada! Afinal de contas, você gosta disso? Se entregar à alguém abertamente ao ponto de lhe permitir escrever em ti da forma como quiser!? Pois eu não gostaria! Ah diário! Acredito que somos resultados de experiências próprias e próprios pensamentos, não considero que palavras alheias possam mudar o que aprendi durante tantas horas, quase eternidades! Mas consideravelmente não posso descartar o fato de que conselhos também podem ser experiências presentes! Então devo me abrir? Aceitá-los? De certa forma sim, mas de outro ponto não! Como pode ver não estou em boa situação! Há muito não sorrio por meus motivos, apenas rio das coisas alheias que me cercam, e de algumas amizades verdadeiras. Tudo o que sempre quisera era apenas olhar para os céus e considerar-me feliz! Nada mais importa, não acha? 

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
6 Comentários

6 mil comentários

  1. Acho que sou um pouco diário: abro-me aos dilemas alheios e fico feliz de ouvir as pessoas, confortá-las de alguma forma. Mas a mim, mantenho fechada. A sete chaves. Meus segredos que se contentem com minhas metáforas...

    Comentado com carinho, Jeito Único

    ResponderExcluir
  2. Algumas pessoas, quando pressionadas pelo mundo, sofrem influências de personalidade, sendo assim, são preenchidas por um "pseudoconteúdo" social. Assim, como um diário (e como você falou), só somos nós mesmos quando construímos a nós mesmos, com tijolos de experiências e pensamentos, digamos, com direitos autorais (metáfora pra próprios). Ótimo texto!

    Blog Furgão Voador

    ResponderExcluir
  3. Suas autorias estão de parabéns! Gostei do texto, e "...Afinal de contas, você gosta disso? Se entregar à alguém abertamente ao ponto de lhe permitir escrever em ti da forma como quiser!?' Me identifiquei demais com esse trecho,e a resposta é não,eu não gostaria...
    Beijos,
    versos-de-inverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. É realmente complicado conseguir se "entregar" as pessoas, principalmente depois que já tenha se desiludido alguma vez,o que super normal se tratando de pessoas. Mas o melhor é você tomar cuidado, e escolher as pessoas com seletividade, mas escolhe-las. Olhar para o céu e dizer: "Eu sou verdadeiramente feliz!". Feliz como uma pessoa pode ser.

    ResponderExcluir
  5. Nossas vidas são diários que nós mesmos escrevemos(acho que filosofei kk).Seu texto me fez pensar bastante na vida.Amei!!Beijos.

    {http://milimetrosegundo.blogspot.com.br/}

    ResponderExcluir
  6. Adoro a forma como você joga com as palavras. E sim, acho que devemos nos abrir e aceitar as novidades, o máximo que podemos ganhar são alguns machucados e muito aprendizado.

    ResponderExcluir

+ Lidas