Navegação.

13:28

Via tumblr • SILENCE

Dei-me por aventureiro e decidi navegar por mares que antes jamais havia sonhado. Imaginei e conheci conclusões de um mundo onde as pessoas valiam mais do que os momentos, onde o amor ao próximo era muito mais do que uma simples frase escrita em um papel. As pessoas deste mundo eram sadias e tinham a incrível habilidade de se escutar; não se distraíam com aparelhos ou com qualquer outra coisa do mundo material, e ao oposto, eram capazes de sentarem à mesa, conversar uns com os outros e se auto-conhecer. No mar da ilusão conheci até mesmo à mim; descobri que na verdade não conheço o amor, e tenho medo de nunca o conhecer; também concluí que o tempo é traiçoeiro, e que não podemos gastá-lo com futilidades, como eu o sempre fizera, e sim com coisas importantes; pois nada somos e em breve da ilusão iremos para uma outra terra, da qual ninguém ainda conseguiu escrever sequer uma palavra; pois não há volta. 

Elcimar Reis.

Você também pode gostar:

Comentários
1 Comentários

1 mil comentários

  1. Simplesmente sou apaixonada por esses textos que contém alusões a uma realidade "paralela". Você escreve muito bem ♥
    http://viciosescritos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

+ Lidas