Tu és.

13:35

¤ Art ¤

Colorido, nervoso, calmo, sem cor; detalhado, animado, oculto, fechado. O que tu és? Como podes deixar-me tão feliz e intrigante ao mesmo tempo? És misterioso, lindo, mau, singelo e fácil de entender. És antônimo de si mesmo; alguém sem rédeas para saber onde ir, que diz que quer alguma coisa e depois se pergunta se realmente o quer. Cauteloso, como o tal anão; e realmente tens que ser, afinal, és o teu futuro que o jogo lhe impõe. Eu lhe observo, como a escuridão que quer tomar a luz; mas tens que saber que não sou escuridão, sou amor querendo tomar o coração. 

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
2 Comentários

2 mil comentários

  1. É o seu primeiro texto que leio e já estou deveras encantada com suas palavas. Adorei seu blog e o jeito como escreve.
    Muito sucesso.
    beijo, nath
    paredes-pintadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ai que lindo. A parte que mais me identifiquei foi "que diz que quer alguma coisa e depois se pergunta se realmente o quer.", dirigido totalmente à mim. uasuashaus' Amei, como sempre.

    Beijos, Sel | Quinta Gaveta ♥

    ResponderExcluir

Já curtiu?

+ Lidas