Alcança-te.

12:34

hipster | Tumblr

Olho-te como um pai olha para um filho, procurando a real necessidade em encontrar um sorriso, e ao fundo do olhar, a felicidade, imaginar. Preocupo-me contigo, imagino-te indefeso, e tal pensamento me corta como uma lâmina. À tais coisas, chamo de amor, ou, devo lhe chamar amor?

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
0 Comentários

0 mil comentários

+ Lidas