Da escuridão à paixão.

19:57

Imagem de nature and girl

Eu era vida que acumulava tristeza, mas era apenas alegria perto dos outros, pois me escondia numa armadura que uma vez construí. Eu era ouvidos atentos às palavras alheias, que me moldavam, dizendo-me os certos e os errados da existência, sussurrando-me incansavelmente, suas críticas e opiniões. Mas eu era, justo que decidi não sê-lo mais; pois uma vez que te olhei, vi que não fazia sentido em esconder-me, ou me fazer ser o que os outros queriam. Teu sorriso foi para mim como um nascer do sol, tirando-me as trevas e fazendo-me conhecer meu verdadeiro eu, aceitar os limites e os ideais que verdadeiramente moldam-me o caráter, cujo qual tu apaixonastes. E o que me faz perceber a tua tamanha importância? Aah meu caro, são as horas que insisto em contar para ouvir tua voz, ou os sorrisos que até hoje dou quando de ti recebo boas palavras ou noto tuas preocupações em me ver bem e em querer-me bem. Não há medidas ou limites para tua importância. Me salvastes, tirastes-me da tristeza, e puseste-me nessa vida que hoje amo. Teu sorriso é luz, e teu olhar, um mar de esperanças; cujo qual eu abraço, imaginando-nos anos à frente, juntos, e apenas assim.

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
0 Comentários

0 mil comentários

Já curtiu?

+ Lidas