Crônica de um Qualquer.

12:23

Imagem de car, kiss, and love

Lembro-me tão perfeitamente que é como se eu nunca tivesse, de fato, deixado aquele momento ao tempo, ao passado; eu o vivo intenso, todos os dias, à todo olhar, à todo tocar-lhe as mãos, ou sentir-lhe os lábios. Era uma noite qualquer e decidimos fugir, sair do meio de todos estes que não nos entendiam e que donos de si, e apenas de si, erroneamente nos julgavam. Teu sorriso o iluminava de tal forma que até teus olhos decidiram o acompanhar na dança, encantastes-me ali. Criamos refúgios, por todos os lugares, memórias impregnadas ao ar, e às elas recorremos; fomos juntos assistir à um filme qualquer, e então pude perceber o quanto amava coisas quaisquer quando estava ao teu lado. Todo qualquer perto de ti, perde-se ao seu significado de qualquer, pois à mim, sempre vale tanto! E olhas! Conseguistes o poder de mudar significados! Mudastes solidão para paixão, assim como medo para... um qualquer beijo, cujos quais sempre me lembro, e dos teus quaisquer vou vivendo. 

Elcimar Reis.

Você também pode gostar:

Comentários
8 Comentários

8 mil comentários

  1. Elcimar e seu dom de me fazer imaginar ele e o crush, lendo esses textos. Me perdoe se estiver errada, mas não consigo ver de outra forma. hahahahaha
    Ficou lindo demais.<3

    ResponderExcluir
  2. Eu pensava que escrevia bem, até ler essa crônica. Elcimar, parabéns, você é muito talentoso!
    Abraçoooos!

    www.ricknegreiros.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que lindooooo! Amei o texto Elcimar, seu talento me admira. Acho tão difícil escrever na 2ª pessoa, parabéns viu, hahaha. Muito romântico você, gostoso de imaginar tudo isso acontecendo comigo também.

    Um beijo, fica com Deus!
    www.meianoiteequinze.com.br
    www.youtube.com/ferzucolotto

    ResponderExcluir
  4. Esse texto é qualquer coisa de muito bonito, mágico, de arrebatador. E fica na lembrança mesmo certas situações inusitadas, surpreendentes; Gostei, Elcimar.

    ResponderExcluir
  5. Que texto lindo. São momentos simples que acabam ficando na nossa cabeça e não saem de jeito nenhum. Acho que no final servem como uma lembrança de uma pessoa que a gente gosta muito, mesmo essa pessoa não estar longe de nós. São momentos mágicos e melhor: apenas nossos.

    Beijos,
    paraisodemenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Muito lindo o seu texto Elcimar, você escreve muito bem!! Tudo muda de significado e de tom, quando estamos na companhia de quem realmente gostamos...Lindo!
    Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que lindas palavras! Expressa bem essa graça da paixão de tornar os momentos mais simples em especiais.
    E respondendo teu comentário no blog, nossa o que eu sinto em relação à tragédia do rio doce não deve ser nem um centéssimp perto de quem está vivendo de fato, te desejo muita força e fé.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Já curtiu?

+ Lidas