A confusão do piscar de olhos do coração.

10:00

Imagem de art, drawing, and space

Tê-lo ao meu lado é como ter um coração desesperado. Um coração que de tão desordenado se torna charmoso, de fato. Vivo preso ao chão, às realidades, questionando-me quando teremos um princípio do que chamam felicidade. Mas ao mesmo tempo vivo imerso no espaço, remoto em um universo qualquer, que parece não ter fim e realmente não tem. Depois percebo meu pés tocando a solidão do mármore ao chão, e quando menos vejo, estão tocando-lhe novamente em desejos! De certo, percebo que meus pés preferem a mansidão do teu universo do que a solidão do chão perverso. Prefiro sentir meu coração calmo por saber que és correspondido, e segundos depois, vê-lo se contorcendo perdido. E mesmo que não faça sentido escolher viver no perigo, eu o escolho e prefiro. A verdade? A verdade é que é gostoso sentir-se flutuante, mesmo que as vezes, ríspido, o medo de altura se torne vivo. 

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
3 Comentários

3 mil comentários

  1. Adorei o texto. Me identifiquei.
    Que bom que voltou a postar aqui.
    O layout ficou maravilhoso.
    Beijos.
    http://era--umavez.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Andy,
    Que texto lindo! Mega sensível...
    Amei a imagem, está perfeita para o texto.
    Bjs
    gosto-disto

    ResponderExcluir
  3. Yayyyy♥ Que coisa mais linda!
    Estava com saudades dos seus textos :)
    Beijos!!!

    www.ricknegreiros.com.br

    ResponderExcluir

Já curtiu?

+ Lidas