Apenas um probleminha nisso tudo.

19:29

Imagem de heart, art, and planet

Conhecer-te foi meio louco.
Entre conversas divagadas, 
Não contive sorrisos ou fitadas.
Me fiz um completo bobo. 

Mas diga-me, como não se apaixonar 
Por teu sorriso contido
Escondendo-se diante do meu simples fitar?

Ou por tuas mãos sem jeito, sem lugar?
Que só me fizeram perceber o quanto
Precisávamos de ali estar. 

Foi um encontro, de fato, louco. 
Loucura nunca tê-lo cogitado. 
Dentre tantos outros, não tê-lo pensado. 
Mas assim são os melhores, não acha?
Os não premeditados! 

Há só um problema neste nosso encontro louco:
Quando meu coração gosta, ele não gosta pouco. 

Elcimar Reis. 

Você também pode gostar:

Comentários
13 Comentários

13 mil comentários

  1. Olá, Elcimar. Tudo bem?
    Que poema maravilhoso, hein?
    Enfim, acho que o texto descreve bem o problema que boa parte de nós vivenciamos, o amor sem limites, quando se decide amar. O amor é algo complicado de lidar, diversas vezes nos machuca, porém o que seria de nós sem esse sentimento? Acredito que nada.

    Até mais. https://realidadecaotica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renatooo! Como é bom ter um comentário seu aqui no blog! ♥. Enfim, concordo com o que disse... acho que não seríamos nada sem o amor, mesmo com todas as complicações e a intensidade! ♥ Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  2. Eu simplesmente estou vivendo isso. Do olhar escondido do meu olhar, do não cogitar, do muito se apaixonar. Pena que o meu caso, que começou parecendo recíproco, está morrendo no platônico. Mas ao menos há a poesia!

    Obrigada pelo seu comentário!


    um velho mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owwnt Helen. Seu comentário é lindo, embora traga um sentimento triste. Tensooo. Já passei por isso também. Sejamos fortes, todos nós temos a pessoa certa por aí. E qual seria a graça da vida, se não amassemos? Obrigado pelo carinho. ♥

      Excluir
  3. Eu adoro o modo como coloca as palavras em um poema, você é demais <3
    E mds, como sempre, estou apaixonada por suas palavas, QUE TIRO!
    "Quando meu coração gosta, ele não gosta pouco." ME ABRAÇAAAA *O*

    www.memorizeis.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAA VIVIANE. E eu amo tanto seus comentários por aqui! ♥. Sinta-se abraçada. Obrigado pelo carinho! ♥

      Excluir
  4. Essa frase final me definiu, hahaha! "Quando meu coração gosta, ele não gosta pouco." porque é a causa deu sempre me ferrar também, hahaha!
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKK, é a causa de eu sempre me ferrar também Thami. Estamos juntos nesse Titanic aí! ♥. Obrigado pelo carinho! Leoninos são assim. Relaxa.

      Excluir
  5. Já disse que amo vim aqui? Acho que já, mas vou dizer de novo, AMO VIM AQUI E VER ESSA MARAVILHA, me representa :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E EU AMOOOOOOO VOCÊ POR AQUI MONYQUEEEE! Obrigado pelo seu carinho de sempreee! ♥

      Excluir
  6. El, que saudades do teu blog. Fico muito feliz em saber que tu está de volta.
    Me encantei demais com esse teu poema! Amei muito a escolha das palavras, que o deixou ainda mais incrível, e os pequenos detalhes que você ressaltou, como o sorriso e as mãos. E de qualquer forma, espero muito que esse amor seja recíproco e que o coração da outra pessoa goste demais.

    Sucesso hoje e sempre!
    Com amor,
    Rascunhos de Tom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toooom, que saudades estava eu de você por aqui. AAAAAAAAAAAAAAA. Que bom que está de voltaaa. Obrigado pelo carinho em suas palavras! ♥.

      Excluir
  7. to amando demais seus poemas sobre o amor!

    ResponderExcluir