Textos.

2017

Que bom que foi do jeito que foi. 
O Medievo Conotativo. 
Uma professorinha aí. 
O Adjetivador. 
Por trás da inspiração. 

2016 

Metamorfose do ser. 
Espaço-tempo. 
Montanha-russa-vida. 
A guerra da percepção. 
Dentre miados. 
Más caras. 
A confusão do piscar de olhos do coração.
Gira, gira e apenas gira. 
Aposentos reais. 
Outro adjetivo qualquer. 
O Homem Invisível. 
Zumbi, quando tu o amares. 
Crônica de um amo platônico qualquer. 
Carta ao Brasil. 
A velha surda no final da fila. 
Crônica de uns pássaros em liberdade. 
Crônica dos julgamentos assassinos. 
Simples doação. 
Devaneio de um pensamento irreal. 
Utopia de um futuro-vitrola. 
A psicose da amizade. 
Vivo uma vida montanha-russa. 
Crônica um universo paralelo. 
Não afunde neste mar. 

2015 

O Presente Perdido!
Tornam-se um.
Que o espetáculo comece!
Enclausurada.
Expirado.
Crônica de um Qualquer.
Isso é amar.
A lei da humanidade.
Da escuridão à paixão. 
Escolha poder escolher. 
Interno. 
Sangue Social. 
Berço do que pensas. 
Imagino-te. 
Esvaiu-se. 
Chão. 
Cativo-lhe. 
Descrito. 
(escreva aqui) I 
A culpa é do Temor. 
Mundo Externo. 
O Devir do Amor. 
Olá Sophia III
Olá Sophia II
Olá Sophia I 
Navegue esse mar. 
Édipo. 
Felicidade. 
Realeza. 
Riqueza em pensar. 
O Medievo Conotativo. 
Cratera. 
Medíocres. 
Jamais verei. 
"(O que)" (ela) "ha(via)"? 
M.M.M.M.M.M.M.M.M.M.M 
Essência do amor. 
Sociedade. 
Mundo particular. 
Porquê. 
Hospital para Almas. 
Tu és. 
Isto é viver. 
Ela era mãe. 
Nada mais. 
Vida bem vivida. 
Grite. 
Porta. 
Par de 2. 
Querida Dona Morte. 
(sem som) 
Parasita. 
Navegação. 
LEGO. 
Você me desenha uma ovelha?
Quando que na verdade, nada somos. 
Indeterminações. 
Devaneios de quem não sabe esperar. 
Clichêmente. 
Ilusão e solidão. 
Estás atrasado. 
Ret...
Cansado. 
Clama-te. 
Me disseram a verdade. 
E se... 

Organização inspirada no blog "O Único Jeito".
Elcimar Reis. 

Já curtiu?

+ Lidas